Das liberdades civis

Continua a ser uma incógnita se o nosso ministro dos Assuntos Parlamentares leu John Stuart Mill, leitura obrigatória para qualquer liberal que se preze. Talvez. Sejamos optimistas. E se o fez, Relvas talvez tenha apenas absorvido aqueles princípios que motivam a sua fúria privatizadora em relação a tudo o que é empresa do Estado. Em matéria de verdade e de liberdade, parecem ser outras as fontes inspiradoras de Relvas. Num passado recente, o sorridente Kim. Daqui para a frente, outro Kim, dinástico e não menos absurdo. Relvas, também baixo, rechonchudo e com fácies de bonequinho do mal, é o nosso Kim. O homem que vai guiando as nossas virtudes, que, cúmplices com regimes de náusea, já vão sendo poucas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: